ūüćá Uma das novas facetas de El Enemigo | Conhe√ßa o Los Para√≠sos

A uva Bonarda √© uma das mais importantes variedades tintas da Argentina, e fica atr√°s apenas da Malbec em n√ļmero de hectares plantados. Portanto, falar de Bonarda √© falar de vinho argentino.

A Bonarda tem uma história curiosa. Introduzida em Mendoza por imigrantes europeus no final do século XIX, por muitos anos foi identificada com uma videira do Piemonte de mesmo nome. Mas isso mudaria nos anos 2000. No início do século XXI, estudiosos do mundo todo passaram a analisar milhares de vinhedos e identificaram a origem de centenas de uvas, como a Carmenère, por exemplo, há muito confundida com a Merlot. O mesmo aconteceu com a Bonarda, cujas análises ampelográficas e de DNA a identificaram como sendo a Corbeau Noir, uma uva da região de Savoy (Saboia), nos Alpes franceses.

A maior parte da Bonarda argentina é cultivada no leste de Mendoza, uma zona quente com altitude média de 600 metros. Neste terroir o estilo do vinho é suculento e intenso com perfil frutado. Além da boa adaptabilidade que a videira desenvolveu nas terras baixas de Mendoza, existem por lá milhares de vinhas velhas, cultivadas em pé franco, de baixo rendimento com fruta de alta qualidade. Uma parcela desses vinhedos pertence à vinícola El Enemigo.

A vinícola El Enemigo foi fundada em 2009 pela historiadora Adrianna Catena, filha mais nova de Nicolás Catena. Adrianna, antes de se reunir ao enólogo Alejandro Vigil, um dos maiores nomes da enologia argentina, se graduou e fez um doutorado em História na Universidade de Oxford. A vinícola produz vinhos autorais interessantes, como este Bonarda cultivado no vinhedo El Mirador e se tornou uma das marcas mais consolidadas de vinho no mercado brasileiro.

 

 

Eu Quero

 

Los Para√≠sos fica em um antigo leito de rio em Rivadavia e tem uma mistura de solos de argila e cascalho. Mais denso e mais escuro que muitos Bonardas, os aromas apresentam notas de amoras, ameixas, notas bals√Ęmicas e ervas. O corpo √© m√©dio e taninos finos. "Suculento, carnudo e delicioso" para James Sucling que concedeu 94 pts ao vinho. Ele tamb√©m levou 92 pts de Robert Parker.

 

APROVEITE AGORA