Amayna Sauvignon Blanc 2023

PRODUTOR:
Garcés Silva Family Vineyards
PAÍS:
Chile
REGIÃO:
Valle de Leyda
SELLER:
Mistral
R$ 718
Este é o primeiro single vineyard que a família Garcés Silva produz, em sua primeira safra foi eleito o "Melhor Sauvignon Blanc do Chile" com 97 pontos pelo guia Descorchados 2019.

Amayna


Amayna foi das primeiras vinícolas a apostar em Leyda, em 1999, quando a viticultura ali não havia se desenvolvido nem havia como prever que esta fria e costeira zona se converteria em uma das denominações mais prestigiosas do Chile. Propriedade da família Garcés Silva, Amayna - cujo nome faz referência à diminuição da intensidade do vento: amainar - se distinguiu desde o começo de outros produtores de Leyda com vinhos mais maduros, amplos e brancos com estágio em madeira, como o Sauvignon Blanc Barrel Fermented, dos mais singulares da cena nacional. O estilo de Amayna foi desenhado pelo enólogo suíço Jean-Michel Novelle, que segue como assessor. Desde o ano 2015 o enólogo é Diego Rivera, tanto para Amayna quanto para Boya, a outra marca da família Garcés Silva, que também vem de seus vinhedos em Leyda - 22 hectares exclusivos para essa linha -, mas com uma proposta de vinhos mais jovens, ligeiros e amáveis.

SAUVIGNON BLANC

 

A Sauvignon Blanc é originária da França, onde é muito cultivada em Bordeaux e no Loire (procure por Sancérre e Poully-Fumé) e tem um grande diferencial: ao contrário de outras brancas (como a chardonnay) que possuem aspectos predominantes frutados, a Sauvignon Blanc traz elementos herbais e vegetais muito refrescantes. Isso deixa seus vinhos deliciosamente leves, com sensações “esverdeadas” e com gostinho de fim de tarde quente. Dependendo da região – se um pouco mais quente – esses aromas que lembram gramíneas, ervas, aspargo e tomate verde podem passar a frutas mais tropicais como maracujá, kiwi… Além disso, é uma uva que sempre deixa seus vinhos com alta acidez, o que aumenta a sensação de frescor em boca. Saiba mais sobre ela neste artigo da Revista Adega.