Rosso di Torgiano 60th Anniversary 2019 - Magnum

PRODUTOR:
Lungarotti
PAÍS:
Itália
REGIÃO:
Umbria
SELLER:
Mistral
R$ 718
Um grande achado, que é também um belíssimo presente!

Somente 1 peça em estoque!

O VINHO ITALIANO


São pelo menos 3 mil anos de experiência na produção de vinhos. Historicamente os vinhedos sempre existiram na Itália. Os gregos introduziram a cultura do vinho no país 80 a.C, começando pelo Sul. Os etruscos também já produziam vinho de modo mais arcaico na Itália Central, mas foram os romanos que aperfeiçoaram a produção de Norte a Sul. Aperfeiçoaram especialmente a técnica de cultivo das videiras com a invenção do embardamento (usando arames). Classificaram as uvas de acordo com os solos mais adequados, passaram a usar madeira e cortiça. Há registros históricos que mostram que os vinhos eram armazenados sobre lareiras para obterem toques defumados. Além disso, difundiram o vinho pelo mundo. No século V, quando saíram da França, já haviam deixado as fundações para os vinhos de Bordeaux. Com a queda do Império Romano, muitas videiras foram arrancadas e substituídas por grãos e alimentos. No século XIX, quando o vinho italiano atingia seu auge, a filoxera dizimou a produção. No século XX, com o reestabelecimento da produção, pensava-se em atender a demanda com volume e pouca preocupação com qualidade, o que levou a má fama de determinados vinhos. A partir da década de 60 vinho italiano iniciou um processo de qualificação, o que levou a criação de DOCs– Denominazione di Origine Controllata – e muitos outros avanços que colocam o país no topo dos vinhos de alta qualidade e entre os mais procurados pelos colecionadores. Saiba mais na Revista Adega.
 

SANGIOVESE

 

Sangiovese é a variedade de uva mais plantada na Itália e praticamente sinônimo dos vinhos tintos da Toscana sendo a personagem principal de alguns dos grandes nomes do vinho italiano. A qualidade do vinho Sangiovese pode ser notoriamente variável. Mas, na década de 1980, técnicas de vinificação drasticamente aprimoradas viram uma mudança significativa em direção ao aumento de qualidade. Conhecida por seus taninos firmes e de alta acidez e natureza equilibrada e eclética, dependendo do local de produção e métodos de vinificação e envelhecimento. Conheça mais sobre a Sangiovese na Revista Adega.