Moulim de Gassac Guilhem 2018

PRODUTOR:
Mas de Daumas Gassac
PAÍS:
França
REGIÃO:
Languedoc-Roussillon
SELLER:
Seleção Adega
R$ 139
Frutado e com uma leve rusticidade, é um tinto perfeito para boas charcutarias.

Languedoc e Roussilon


Curiosamente, embora Languedoc e Roussilon tenham, em 1.972, sido unificadas administrativamente, elas são regiões muito distintas histórica, cultura e topograficamente, com muitos bons vinhos a serem descobertos. Algumas curiosidades sobre elas: - No Languedoc ocorreu o primeiro registro de produção de um Vin Doux Naturels, em 1.299. - Foi lá que nasceu a primeira cooperativa de vinhos francesa em 1.905. - A Universidade de Montpellier é responsável pela criação de diversos cruzamentos entre uvas. A Marselan é um bom exemplo. - Grandes Vin Doux nascem ali: Maury e Banylus são dois dos maiores ícones da categoria.

SYRAH/SHIRAZ


A Syrah (ou Shiraz) tem no norte do Vale do Rhone na França seu provável berço e lá origina vinhos especiais como das denominações de Côte Rôtie e Hermitage. Também produz excelentes vinhos no sul da França, no Douro (Portugal), no Chile (com rótulos surpreendentes em climas mais frios) e na Austrália, onde origina diferentes estilos conforme a região de cultivo e vinhos de grande profundidade quando de uvas das poucas vinhas velhas preservadas do massivo e equivocado arranque indiscriminado do início da década de 80. Uma das características que melhor evidenciam a Syrah é sua alta adaptabilidade, gerando vinhos de diferentes perfis conforme seu terroir de cultivo. Em regiões mais frias mostra uma acidez mais aguda, enquanto nas mais quentes, ganha notoriedade a fruta e o corpo. Outro fator facilmente identificado em cultivos de climas quentes é a pimenta negra, que se origina da rotundona, um tipo de terpeno aromático que aumenta conforme o grau de amadurecimento.  Um uva surpreendente e que merece ser explorada pelos apreciadores. Conheça mais sobre ela na Revista Adega.