Chakana Sobrenatural Tinto 2018

PRODUTOR:
Chakana
PAÍS:
Argentina
REGIÃO:
Mendoza
SELLER:
Seleção Adega
R$ 133 R$ 99
Orgânico e biodinâmico, este blend de Tannat com Malbec, é uma fiel representação de seu terroir de origem.

Orgânico e Biodinâmico


Um vinho orgânico deve ser elaborado a partir de uvas cultivadas em vinhedos que seguem diretrizes precisas, sem tratamentos químicos e sem utilização de produtos sintéticos. Há necessidade também de uma prática orgânica em adega, sem utilização de insumos sintéticos na elaboração do vinho em si. Os biodinâmicos englobam o conceito de orgânicos e vão além: A agricultura biodinâmica é uma abordagem espiritual-ético-ecológica para a agricultura e foi inicialmente desenvolvida pelo estudioso austríaco Rudolf Steiner, Ph.D., (1861-1925). O biodinamismo tira o melhor que a terra pode oferecer observando seus ciclos e a curando da exploração. Além da utilização de preparos específicos para os cuidados no campo, também respeita o calendário astrológico para a tomada de medidas e cuidados. Leia mais sobre o assunto na Revista Adega.

Chakana Andean Wines


A vinícola foi fundada em 2002, retomando um antigo legado familiar. No final do século 19, seus ancestrais faziam vinhos de qualidade na região montanhosa de Valtelina, na Itália. Chakana se dedica ao estudo e compreensão de alguns dos melhores terroirs da Argentina com o objetivo de produzir vinhos autênticos que expressão a identidade e o caráter de seus solos. Localizada em Agrelo, Luján de Cuyo (Mendoza), onde possui 80 hectares de vinhedos com certificação orgânica e biodinâmica. Além disso, possui fazendas localizadas em outras áreas de Mendoza, como: Prefeito Drummond (Luján de Cuyo) e Altamira (Valle de Uco). Chakana significa “cruz quadrada” e era o símbolo do universo para os antigos moradores dos Andes. Acreditava-se que as forças criadoras do sol e da terra inspiravam o mundo andino, seus quatro pontos cardeais e os três elementos da vida: ar, solo e água.