Vivanco Colección 4 Varietales 2016

PRODUTOR:
Vivanco
PAÍS:
Espanha
REGIÃO:
Rioja
SELLER:
World Wine
R$ 614
Um blend das 4 principais uvas da Rioja em um vinho para sair do comum.

VIVANCO



Uma família e uma paixão, assim a Vivanco define seu trabalho. Localizada em Briones, um enclave privilegiado de La Rioja Alta, no sopé da Sierra de Cantabria e nas margens do rio Ebro, conta com um microclima ameno e solos argilo-calcários extraordinários. Ao redor da vinícola encontra-se a Finca El Cantillo, que leva o nome da quantidade de pedras em seu solo. Tempranillo é a variedade fundamental, mas não a única. Nesta vinha também há vinhedos de Graciano, Garnacha, Mazuelo, Viura, Malvasía, etc. A adega, no subsolo, é funcional e estética. O edifício foi construído sob o solo com o objetivo de minimizar o impacto ambiental a favor da conservação da paisagem. Ao enterrar a adega, foi também possível favorecer condições de temperatura e humidade naturalmente equilibradas ao longo do ano, essenciais para a boa conservação e envelhecimento do vinho em barricas ou tonéis de carvalho. O espírito pioneiro e vitícola de Rafael Vivanco reflete-se, para além dos seus vinhos, na experimentação e investigação de diferentes métodos de cultivo e produção, na utilização de castas minoritárias ou no envelhecimento em carvalho de diferentes origens. Conheça mais sobre esta história no artigo da Revista Adega.

RIOJA



A Denominação de Origem Qualificada Rioja está localizada no norte da Espanha, nas duas margens do rio Ebro, e é dividida em três grandes áreas: Rioja Alta, Alavesa e Oriental. Em seus mais de 65.000 hectares, suas aldeias e vinhedos desenvolvem sua própria personalidade, tornando Rioja uma terra única Rioja se beneficia de uma mistura de climas atlântico, continental e mediterrâneo. Verões quentes e invernos frios com chuvas relativamente altas são perfeitos para a produção de uvas de alta qualidade, especialmente a Tempranillo.Atenta a tradição de classificar seu vinhos pelo tempo de estágio em madeira, a Rioja se renova ao criar uma nova categoria de classificação geográfica, vinedos singulares. Conheça mais sobre ela no artigo da Revista Adega.