Luca Syrah 2017

PRODUTOR:
Luca
PAÍS:
Argentina
REGIÃO:
Mendoza
SELLER:
Vinci
R$ 330,55
Syrah cultivado em vinhedos de altitude e com toda elegância que lembram os vinhos do Rhône Norte.

LUCA


Laura Catena é uma das maiores personalidade do mundo do vinho. Quando deixou a Argentina aos 14 anos de idade, Laura Catena nunca sonhou que se tornaria a maior embaixadora do vinho argentino. Desde muito jovem, sua vontade de ajudar pessoas carentes fez Laura se apaixonar pela medicina e percorrer o mundo realizando seu sonho. Formada em Harvard e PhD em medicina pela universidade de Stanford, Laura Catena começou a dividir seu tempo nas salas de Emergência dos hospitais com o mundo do vinho em 1995, atendendo a um chamado de seu pai, o lendário Nicolás Catena, para assumir o cargo de Diretora de Pesquisa na vinícola Catena Zapata. Imediatamente a ciência da pesquisa virou paixão e Laura percebeu que poderia ajudar seu país e seu povo a prosperar através do vinho, retornando à Mendoza em 1997. Laura então aprofundou-se no estudo do vinho e da região de Mendoza, sem poupar esforços para que o vinho argentino fosse reconhecido como entre os melhores de todo o mundo. Quebrando paradigmas, mostrou o caminho para muitos outros produtores trilharem. No ano de 1999, Laura criou sua própria vinícola-boutique – a hoje mundialmente famosa Luca, que leva o nome de seu primogênito – e desde então tem dividido seu tempo entre duas paixões: a medicina e o vinho. Produz vinhos autorais de altíssima qualidade, que expressam todo o potencial das vinhas velhas cultivadas no Vale do Uco, em Mendoza e ganham pontuações altíssimas pelo mundo. Conheça mais sobre Laura Catena na Revista Adega.

SYRAH/SHIRAZ


A Syrah (ou Shiraz) tem no norte do Vale do Rhone na França seu provável berço e lá origina vinhos especiais como das denominações de Côte Rôtie e Hermitage.  Também produz excelentes vinhos no sul da França, no Douro (Portugal), no Chile (com rótulos surpreendentes em climas mais frios) e na Austrália, onde origina diferentes estilos conforme a região de cultivo e vinhos de grande profundidade quando de uvas das poucas vinhas velhas preservadas do massivo e equivocado arranque indiscriminado do início da década de 80. Uma das características que melhor evidenciam a Syrah é sua alta adaptabilidade, gerando vinhos de diferentes perfis conforme seu terroir de cultivo. Em regiões mais frias mostra uma acidez mais aguda, enquanto nas mais quentes, ganha notoriedade a fruta e o corpo. Outro fator facilmente identificado em cultivos de climas quentes é a pimenta negra, que se origina da rotundona, um tipo de terpeno aromático que aumenta conforme o grau de amadurecimento.  Um uva surpreendente e que merece ser explorada pelos apreciadores. Conheça mais sobre ela na Revista Adega.