Juan Carrau Tannat Reserva 2020

PRODUTOR:

Bodegas Carrau

PAÍS:

Uruguai

REGIÃO:

Canelones

SELLER:
Portus Cale
R$ 129

Começando em 1979 com um novo estilo, Juan Carrau Tannat Reserva foi o primeiro Tannat reserva especial do Uruguai. O tinto típico do Uruguai foi vinificado com fruta muito madura, o que resulta em taninos suaves e elegantes para um vinho de corpo inteiro.

Juan Carrau


A tradição centenária de uma família em um panorama que fortalece dia a dia o crescimento dos vinhos finos uruguaios em plena ascensão. A presença da família Carrau é um fato imperdoável desse processo no marco de uma longa história que começa na Catalunha. Bodegas Carrau estabelece a qualidade constante como objetivo primordial. Os ofícios nobres são geralmente alojados na tradição familiar dentro da prática repetida transmitida de pai para filho. De avós a netos que uma longa carreira de perfeição se cumpriu um dia na velha mídia comercial. Parte disso ainda existe no reino dos vinicultores que se prezem. É por isso que a Família Carrau ainda conserva como documento precioso um que registra que em 2 de abril de 1752, Don Francisco Carrau Vehils comprou o primeiro vinhedo da família na Catalunha. Em 1976 fundou Bodegas Carrau , um projeto de grande ambição para o qual importou videiras de seleção clonal livres de vírus com critérios revolucionários para a época. O projeto em andamento é declarado de Interesse Nacional em novembro de 1977, pois, entre outros motivos, o objetivo era exportar e tornar os vinhos uruguaios conhecidos no mercado internacional. A importância deste empreendimento justifica que seja considerado o ponto de partida de uma nova etapa na viticultura: a nova empresa adquire a vinícola Pablo Varzi, fundada em 1887 e faz parte da contribuição italiana para a história do vinho uruguaio.

TERROIR URUGUAIO


Fortemente influenciado pelo Rio da Prata e Oceânico Atlântico, o Uruguai tem as suas principais regiões produtoras de vinhos na costa sul – Maldonado, Canelones e Colônia. Situado entre os paralelos 30 e 35, a exemplo de Chile, Argentina, Austrália e África do Sul, o país possui potencial para produzir incríveis rótulos, equilibrando o vigor do Novo Mundo e a elegância do Velho Mundo. Pelas características do clima atlântico, especialmente a influência marítima, uma peculiaridade única na América Latina, o Uruguai também apresenta excelência em produzir brancos.