Jerez Fino Perdido 1/15

PRODUTOR:
Sanchez Romate
PAÍS:
Espanha
REGIÃO:
Jerez de la Frontera
SELLER:
Belle Cave
R$ 195
Um Fino único, "esquecido" em um processo mais longo de maturação com características particulares de aromas e sabores. De produção limitada, é a oportunidade para se apaixonar por esta categoria de fortificados cheia de histórias.

SÁNCHEZ ROMATE


Fundada em 1781, Sánchez Romate é uma das poucas bodegas que permanecem até hoje em mãos de proprietários Jerezanos, já tendo sido reconhecida como provedora oficial para a Câmara dos Lordes do Reino Unido e do Palácio Apostólico, no Vaticano.

A Bodega estabeleceu uma fama pela qualidade de seus vinhos desde o início, na fundação por Juan Sánchez de la Torre, mantendo-se como referência, unindo as tradicionais técnicas de produção locais às melhores tecnologias disponíveis.

Seus vinhos unem qualidade a tradição, fiéis aos estilos clássicos, com modernas e atraentes roupagens.

Seus vinhos maturam tranquilamente, em distintas bodegas de envelhecimento espalhadas pela zona e dali seguem para as mais exigentes mesas mundo afora.


OS VINHOS DE JEREZ


Os vinhos de Jerez tem um método de produção próprio a partir de um sistema complexo chamado de solera e criadeira. Os vinhos envelhecem em barricas de madeira preenchidas apenas em 5/6 de seu volume. Essas barricas são empilhadas, sendo que a barrica próxima ao solo é denominada solera e as barricas acima são as criadeiras. Todos os anos com a safra nova, 1/3 do vinho da barrica da solera é engarrafado e vendido e esse volume é completado por 1/3 da criadeira anterior, até o topo que é completado pela safra nova recém vinificada. Esse trabalhoso processo de “saca e rocio” faz com que o vinho desenvolva aromas e sabores muito peculiares.