Echo de Lynch-Bages (2° Ch. Lynch-Bages) 2009

PRODUTOR:
Château Lynch-Bages
PAÍS:
França
REGIÃO:
Bordeaux
SELLER:
World Wine
R$ 1.200
Lynch-Bages é sempre uma grande escolha com ótima relação custo qualidade.

Lynch-Bages


A afirmação do estilo Lynch-Bages veio com a chegada de Jean-Charles Cazes para chefiar a propriedade em 1934. Um enólogo inovador e emblemático, de uma nova geração de proprietários que decidiram romper com a tradição e correr riscos para garantir colheitas verdadeiramente maduras, conhecido por muitas vezes, por ser o ultimo a iniciar a colheita em Pauillac. De 1945 em diante, a fama do Château surgiu graças a uma série de grandes safras. Seus vinhos são caracterizados por sua cor profunda, sua estrutura de taninos, sua concentração controlada e sensualidade elegante. As safras vinificadas por André Cazes e depois dele, Jean-Michel Cazes, confirmam esta tendência.

A Classificação de 1855


Na Exposição Universal de 1855 em Paris, o Imperador Napoleão III pediu a cada região vinícola que estabelecesse uma classificação. A Câmara de Comércio e Indústria de Bordeaux, fundada em 1705, iniciou o processo para a região de Gironde. O critério era a reputação dos vinhos e seus preços de transação. A classificação incluía apenas vinhos tintos e vinhos brancos doces Médoc, Sautérnes e Barsac e um cru tinto de Graves. Os tintos: 60 crus do Médoc e 1 cru de Pessac-Léognan (Château Haut-Brion) divididos em 5 categorias: 5 Premiers Crus; 14 Deuxièmes Crus; 14 Troisièmes Crus; 10 Quatrièmes Crus e 18 Cinquièmes Crus. Um modelo para o mundo e uma reputação infinita mantém Bordeaux no topo doa grandes vinhos do mundo. Lynch-Bages é considerado um vinho acima de sua própria classificação, como você pode conferir nesta matéria da Revista Adega.