Domaine Jaeger-Defaix Rully Premier Cru Clos du Chapitre 2017

PRODUTOR:
Domaine Jaeger-Defaix
PAÍS:
França
REGIÃO:
Borgonha
SELLER:
Belle Cave
R$ 560
Em Rully um vinhedo murado, dentro do 1er Cru Chapitre, propriedade exclusiva da família de produtores origina esse elegante vinho.

DOMAINE JAEGER-DEFAIX


Em 2002, Hélène Jaeger-Defaix herda de uma primeira parcela de vinhas em Rully 1er Cru e começa a ampliar a produção para perpetuar as tradições vitícolas ancestrais, na família desde o século XVI. Hoje, ela gerencia 4,5 hectares na AOP Rully, com um modo de cultura orgânico.

A safra 2017 entregou uvas de Pinot Noir com qualidade sanitária perfeita. Os tintos da safra possuem bela tipicidade da denominação e estrutura elegante.

RULLY


RULLY é uma AOC da região de Côte Chalonnaise. É uma aldeia com uma longa história. Possui um castelo que está na mesma família há seis séculos, uma igreja com uma elegante torre sineira, bem como belas casas e parques. A abadia de Saint-Bénigne em Dijon, a poderosa Maison de Vergy e os duques de Borgonha desempenharam seu papel na história desses vinhedos na Côte Chalonnaise. Rully recebeu seu AOC em 1939 e agora produz vinhos tintos (Pinot Noir) e vinhos brancos (Chardonnay) com as denominações Village e Premier Cru. Os brancos da região são dourados com nuances esverdeadas, e o ouro se aprofunda com o tempo. São perfumados com aromas soberbos de flores de flores como acácia, maio, madressilva e uma flor de sabugueiro muito delicada), bem como violeta, limão, pêssego branco ou sílex. O tempo traz mel, marmelo e frutas secas. Com efeito, este vinho é rico em fruta, que no paladar é vivo e bem arredondado, carnudo e longo. Já os tintos de viva cor rubi podem chegar até nuances granada. Aromas  compostos por frutas pretas (groselha preta, amora) e frutas vermelhas (cereja), alcaçuz, e pétalas de rosa, evoluindo para frutas cozidas. Na boca, os taninos respeitam a fruta e conferem ao vinho uma estrutura bem definida. Após alguns anos de repouso ficam ainda mais sedosos.